Tesla estaria interessada em participar dos negócios de bateria da LG

A Tesla, montadora de Elon Musk, pode estar interessada em adquirir uma participação nos negócios de bateria da LG, uma de suas fornecedoras. A informação foi divulgada pela agência de notícias sul-coreana The Korea Times. “A Tesla está procurando adquirir uma participação na LG Energy Solution para obter um suprimento estável de baterias”, afirmou o portal.

Segundo uma fonte anônima da publicação, “especificamente, a Tesla está explorando assumir uma participação de até 10% na LG Energy Solution”. Outra fonte, porém, diz que a ideia ainda está no início. “É muito cedo para dizer que há um plano real para adquirir uma participação”, afirmou. Apesar disso, destacou que “dadas as tentativas crescentes da Tesla de cortes de custos e movimentos na produção de baterias”, faz sentido que a montadora explora a oportunidade.

O principal parceiro da Tesla na produção de baterias para seus veículos é a Panasonic. Há certo tempo, porém, a montadora começou a expandir sua cadeia de suprimentos. Atualmente, a empresa também compra suas células da LG e da CATL. Além disso, na última semana, Musk anunciou que a Tesla vai começar a produzir a própria bateria, mesmo que não tenha um volume suficiente antes de 2022.

Reprodução

Tesla está trabalhando para aumentar seu suprimento de baterias. Foto: Grigvovan / Shutterstock

A ampliação da cadeia de produção se deve ao aumento significativo da demanda. Em 2018, por exemplo, a produção do Model 3 teve que ser atrasada por conta da falta de baterias para os veículos.

Para saber se a Tesla vai realmente comprar uma participação na LG Energy Solution, porém, será necessário esperar alguma confirmação da montadora ou de Musk.

Protótipo do Model S Plaid bate recorde

O piloto que testou o protótipo do Tesla Model S Plaid com três motores elétricos publicou, na última quarta-feira (23), um vídeo em que dirige o carro para bater um novo recorde na volta de Laguna Seca, autódromo localizado na Califórnia, Estados Unidos.

Sebastian Vittel – que não deve ser confundido com o piloto de Fórmula 1 Sebastian Vettel – utilizou o protótipo do Tesla Model S Plaid para superar a marca de 1:33 feita por outro piloto a bordo do sedã elétrico Lucid Air no início de setembro. O tempo, que até então era o recorde de carros elétricos de alto desempenho em Laguna Seca, foi substituído pelo recorde de 1:30,3 de Vittel.

Via: Electrek